“Estamos mais próximos ao campo de Bolsonaro”, diz Mauro Mendes

Governador diz ver "oposição responsável" no PT, mas tem dificuldades de se aproximar da campanha de Lula

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

O governador Mauro Mendes (União Brasil) disse nesta sexta-feira (25) estar mais próximo ao palanque do presidente Jair Bolsonaro (PL) do que ao do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Entretanto, Mendes ainda vê a situação dos candidatos à Presidência como uma incógnita, que só se resolverá com a definição das coligações partidárias. O prazo para isso ocorrer é entre o fim de julho e começo de agosto. 

“É um cenário que, ao meu ver, ainda vai se definir um pouco mais adiante. [Mas] estamos muito mais próximos do campo do presidente Bolsonaro do que do campo do presidente Lula”, afirmou. 

A posição do governador indica que a busca por um candidato de terceira via está caindo por tabela. O União Brasil é um dos partidos que, até o fim do ano passado, buscava firmar um nome para a Presidência. A articulação está empacada e a cotação do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta passou para o Senado. 

Também houve o início de conversa para federação com partidos do centro (PSDB e MDB), mas as tentativas não tomaram impulso. Ao comentar o assunto esta semana, Mauro Mendes disse que questões regionais travam a união das siglas. 

Hoje, ele disse que a tendência de escolher Bolsonaro é por posição partidária e não por falta de simpatia com o Partido dos Trabalhadores (PT). Mauro Mendes citou deputados petistas como referência de “oposição responsável”.   

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEnfim regulamentado: veja as regras oficiais para o home office no Brasil
Próximo artigoPsol é condenado a devolver verba de Fundo Partidário aos cofres públicos