|terça, 21 agosto 2018

    Estado pede novo prazo para decisão sobre obras do Hospital Universitário

    7
    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Ascom/MPF

    Hopital Universitário Júlio Muller

    Novo Hospital Universitário Júlio Muller tem as obras paradas há quase quatro anos

    Em nova reunião, realizada nesta segunda-feira (12) na Procuradoria da República em Mato Grosso (PR/MT), o Governo do Estado, representado pelo secretário de Cidades (Secid) Wilson Santos, solicitou mais um prazo para dar uma resposta definitiva sobre a retomada ou não das obras de construção do novo Hospital Universitário Júlio Muller.

    De acordo com Santos, houve um pedido do governador Pedro Taques para que ele participasse da próxima reunião e, então, fosse dada a decisão final. “Ele (governador) gostaria de participar ainda esta semana de uma reunião sobre esse convênio”, afirmou.

    A superintendente da Controladoria Geral da União, Karina Jacoby Moraes, ressaltou que já haviam sido realizadas três reuniões e que mais uma reunião desgastaria todo o processo. “Poderíamos resolver tudo isso por meio de um documento por parte do governador, não havendo a necessidade de uma nova reunião”, ressaltou.

    Para o vice-reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Evandro Aparecido Soares da Silva, é preciso que o Estado se posicione no documento quanto à importância da construção da obra, a fim de que seja possível dar continuidade nas negociações. “Precisamos saber se o Estado vai realizar a contrapartida, para que possamos averiguar se daremos andamento à obra desta forma”, afirmou.

    Durante a reunião, diante do questionamento da Secid sobre a insuficiência dos valores disponibilizados pela União e os valores a serem disponibilizados pelo Estado de Mato Grosso para a conclusão da obra, representantes da UFMT informaram que é possível realizar a readequação da mesma e dos projetos. Mas, para a superintendente da CGU, para que isso aconteça é necessário que o Estado informe se irá realizar contrapartida ou não.

    Diante dos posicionamentos das partes envolvidas, o Ministério Público Federal em Mato Grosso (MPF/MT), por meio da procuradora da República, Vanessa Zago, informou que irá aguardar a resposta por escrito do Governador do Estado de Mato Grosso, com o posicionamento final, e assim, que o receber, encaminhará a resposta para as instituições participantes.

    Participaram da reunião o procurador do Estado de Mato Grosso, Carlos Eduardo Souza Bomfim, a secretária-adjunta de Administração Sistêmica da Secid, Juliana Ferrari, o procurador-geral substituto do Ministério Público de Contas, Alisson Carvalho de Alencar, a auditora interna da UFMT, Cendy Aparecida Paes e o procurador geral junto à UFMT, Osvalmir Pinto Mendes.

    Deixe um comentário

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Bairro Cuiabá História Municípios Policia
    Polícia Civil prende filho acusado de matar pai por esganadura em Confresa
    Ex-prefeito, pai de brasileira morta chega ao Paraguai e nega prisão de suspeito
    Marido mata homem porque ele olhou sua mulher dançar em festa de aniversário
    Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
    Arquiteta teria fugido por acreditar que acidente se tratava de assalto, dizem testemunhas
    Ritmo de campanha: Taques cola em Dante, Mauro em Blairo e Wellington no verde; ouça jingles
    Janaina Riva aposta em segundo turno entre Wellington e Mendes
    Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
    Cinco unidades do Indea são revitalizadas com recursos de Fundos
    Soja tem cenário promissor e área plantada deve crescer
    Setor de couro quer melhorar qualidade e aumentar exportações
    Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
    Sesc Arsenal oferta minicurso sobre adaptação literária em multimídia neste sábado
    Evento circense reúne artistas da América Latina em Cuiabá com apresentações ao público
    Fotógrafos profissionais e amadores terão consultorias gratuitas nesta semana
    Corrupção Economia Eleições Estados Política
    Comitê para Migrações repudia agressões a venezuelanos
    Pesquisa da CNI mostra melhora na confiança dos empresários
    Temer e ministros discutem situação de venezuelanos em Roraima
    Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
    Começam inscrições para concurso docente da UFMT
    Por R$ 23 mil, Tribunal de Justiça de Mato Grosso lança concurso para magistratura
    Sejudh abre concurso para agentes penitenciários com salários de até R$ 3 mil
    X