Espera para votar demorou? Você pode reclamar diretamente ao TRE-MT

Neste ano, a Justiça Eleitoral em Mato Grosso vai fazer uma pesquisa de satisfação sobre os serviços prestados no primeiro turno

Foto: Camilla Zeni/ O Livre

Se você acha que o tempo para registrar voto no Brasil sempre demorou mais do que o suportável ou que, na zona eleitoral em que você está cadastrado, sempre surge um imprevisto que influi na organização, uma reclamação poderá ser feita diretamente ao Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) neste ano. 

No próximo domingo (15), data do primeiro turno das eleições municipais – e da suplementar para senador -, o Tribunal vai disponibilizar em seu site um formulário de avaliação dos serviços prestados.

O eleitor poderá dar nota em itens que vão das condições de higiene nos banheiros ao tempo que você levou na urna eletrônica para confirmar seu voto. 

Conforme o TRE-MT, a pesquisa, que ficará aberta no dia da eleição, poderá ser acessada pela sua página oficial ou por meio da leitura de QR Code em cada um dos 1.454 locais de votação em Mato Grosso. 

Em cada zona haverá um cartaz da pesquisa de satisfação, no qual consta um código de barras. O eleitor só precisa apontar a câmera do celular para esse código que o formulário será aberto no celular, após isso, é só responder as perguntas.  

Quem não puder participar da pesquisa no dia da eleição poderá compartilhar sua opinião posteriormente, acessando o formulário da pesquisa no site do TRE. Ela ficará disponível  por um prazo de cinco dias. 

Quando o formulário for aberto, o eleitor deverá informar a zona eleitoral na qual está inscrito. Então, será disponibilizado um sistema de avaliação, com nota de 1 a 10, para mesários e colaboradores da Justiça Eleitoral; o funcionamento da urna eletrônica (facilidade de operação, rapidez), a confiabilidade da urna eletrônica, o tempo de espera nas filas; a estrutura do local (banheiro, bebedouro, ventilação na seção eleitoral e etc); e a acessibilidade para portadores de necessidades especiais (PNE). 

E, lógico, será questionado sobre a segurança pública na zona, ou seja, se houve presença de policiais militares no local e na vizinhança e se a distribuição de santinhos em campanha de boca de urna foi abafada. 

Segundo o TRE-MT, todos os eleitores estão convidados a participar da pesquisa de satisfação, cujo resultado será considerado para o planejamento e melhoria dos serviços prestados à sociedade e no fortalecimento da imagem da Justiça Eleitoral. 

Também será avaliada a efetividade do protocolo sanitário utilizado nos locais de votação para combater a transmissão da covid-19.

Nesse ponto, o eleitor responderá se foi oferecido álcool para higienização das mãos; se as pessoas respeitaram o distanciamento mínimo uns dos outros; se havia marcações no piso para orientar o distanciamento das filas; e se os mesários e colaboradores estavam fazendo a higienização dos objetos na seção.  

O eleitor responderá ainda, se usou máscara, higienizou as mãos e manteve o distanciamento social. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorExcesso de mudanças
Próximo artigoEleições 2020: Mais de 4,5 mil profissionais vão reforçar a segurança em MT