Esfaqueada pelo marido, mulher diz à PM que não quer que ele seja preso

Vítima se recusou a dar informações para que a polícia encontrasse seu marido

(Foto Ilustrativa/Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma mulher de 27 anos foi esfaqueada pelo marido na madrugada desse domingo (22), precisou ser encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas quando a Polícia Militar foi acionada, disse que não queria que ele fosse preso.

O caso aconteceu por volta das 3h30, do Bairro Maracanã, em Barra do Bugres (175 km de Cuiabá).

Quando a Polícia Militar chegou ao local do fato, a vítima já estava sendo socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para uma UPA.

A dona da casa, então, contou que os envolvidos são casados e estavam no local em uma festa, foram até a frente da residência e iniciaram uma discussão.

Em meio à briga, o marido deu uma facada na esposa, que perfurou o lado esquerdo do abdômen dela. Depois do crime, ele fugiu em uma motocicleta Honda Broz laranja.

Os policiais foram até a UPA ouvir a vítima, mas ela se recusou a dar qualquer informação sobre o marido, dizendo que não queria que ele fosse preso.

Ainda assim, a equipe fez rondas em busca do acusado, mas não o encontrou. O caso foi registrado como tentativa de homicídio doloso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCompetência legal para fiscalização: Sema vs. Ibama
Próximo artigoJovem armado faz ameaças em festa, é rendido, espancado e morto