Escultura “Três Graças” vai retornar à Avenida Coronel Escolástico

Muitas pessoas questionavam o paradeiro da escultura que originalmente ficava em frente à Igreja São Judas Tadeu

Muita gente estava sentindo a ausência das “Três Graças”, escultura do artista plástico Leonardo Henrique Lobo de Campos, que ficava em frente à Igreja São Judas Tadeu, na Avenida Coronel Escolástico, em Cuiabá.

De lá, ela foi removida para a Avenida República do Líbano, mas, novamente, sumiu. Então, alguns internautas questionaram o paradeiro da obra que homenageia a musicista Zulmira Canavarros, a poeta Guilhermina de Figueiredo e a jornalista Luiza de Figueiredo Calhao.

A obra foi retirada da Coronel Escolástico pois corria o risco de desabar. No entanto, depois de revitalizada, a peça em cimento, que traz acessórios de sucata, ocupou espaço em trevo que foi fechado, de frente à entrada da República do Líbano para a Rodoviária.

O secretário de Cultura de Cuiabá, Francisco Vuolo, disse ao LIVRE nesta tarde que o monumento vai retornar para o local de origem, em frente à igreja.

As esculturas foram retiradas pela Secretaria de Serviços Urbanos e serão recolocadas pela mesma pasta, disse Vuolo. No entanto, uma data para a devolução da obra não foi definida.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“O Brasil não é opcional para quem quiser disputar a liderança global”, diz economista
Próximo artigoEntenda as diferenças entre queimadas, incêndios florestais e focos de calor