Erro em devolução de cheque aumenta indenização

Para magistrada valor indenizatório é plausível para atender o caráter punitivo e pedagógico que desestimule a reiteração da prática abusiva por parte do banco

A Segunda Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso aumentou de R$ 7 mil para R$ 10 mil a indenização devida por um banco por negativar o nome de uma cliente em virtude de um erro cometido pelo próprio banco na devolução de cheque.

Conforme consta no recurso de Apelação nº 152895/2017, o cheque emitido pela apelante foi devolvido por insuficiência de fundos, sendo que na realidade deveria ter sido devolvido pelo motivo de prescrição, restando evidente a falha na prestação de serviços pela instituição financeira.

“Nesta esteira, tenho que o valor do dano moral arbitrado em apenas R$ 7.000,00, não se demonstra compatível com a gravidade da conduta do banco diante das circunstâncias que cercam o caso, a extensão do dano e suas consequências ao negativar o nome da autora indevidamente por devolução de
cheque sem fundos quando deveria fazer a devolução por estar prescrito o título cujas consequências seriam outras”, constatou a relatora do processo no TJMT, desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas.

Na avaliação da magistrada, a majoração do valor indenizatório é plausível para atender o caráter punitivo e pedagógico que desestimule a reiteração da prática abusiva por parte do banco.

“Ademais, o referido valor fixado atende o aspecto compensatório mitigando o mal moral, os transtornos causados à apelante devido à restrição do seu crédito na praça e situação vexatória a qual foi submetida em decorrência da conduta abusiva e ilícita do apelado”, complementa o acórdão.
Com Assessoria 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBatman do Cerrado
Próximo artigoFPA e entidades do agro pedem o fim das paralisações em todo o país