Era Uma Vez em Hollywood ultrapassa US$ 100 milhões de bilheteria na América do Norte

É o 4º filme do diretor a "se dar bem"

O nono filme do diretor Quentin Tarantino, Era Uma Vez em Hollywood, ultrapassou a marca de US$ 100 milhões de bilheteria da América do Norte.

Este é o quarto longa do diretor a chegar aos US$ 100 milhões. Só no terceiro final de semana em cartaz nos EUA, o filme arrecadou US$ 11,6 milhões, elevando o total para US$ 100,3 milhões.

Segundo o Screen DailyDjango Livre arrecadou o total de US$ 162,8 milhões, Bastardos Inglórios US$ 120,5 milhões e Pulp Fiction US$ 107,9 milhões.

Uma marca bastante encorajadora para que o diretor esqueça seus planos de aposentadoria após o décimo filme.

O filme conta a história de Rick Dalton  — um ator que viveu seus anos de glória em séries de faroeste na TV americana — e Cliff Booth, o dublê e melhor amigo de Dalton.

Ambos estão na pior fase de suas carreiras e não conseguem empregos na indústria cinematográfica após a queda do gênero de faroeste. Mas Dalton tem uma vizinha famosa que pode ajudar a mudar todo esse panorama e alavancar suas carreiras. Essa vizinha é a atriz Sharon Tate, que acabaria sendo morta naquele mesmo ano pelo culto do psicopata Charles Manson.

O filme estreia no Brasil em 15 de agosto.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGwyneth Paltrow esqueceu que Samuel L. Jackson era Nick Fury
Próximo artigoBolsonaro diz que indicará evangélico para Supremo Tribunal Federal