“Epicentro da covid”: Mendes afirma que não pode decidir por prefeitos

Em entrevista à GloboNews, governador compartilha com os prefeitos a responsabilidade por MT ter se tornado novo "epicentro" da covid-19

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), concedeu uma entrevista na Globo News, na qual justificou o que levou o Estado a se tornar o novo “epicentro” da covid-19 no Brasil. Atualmente, o Estado registrou 18.356 casos e 706 mortes.

A situação foi definida pela Fiocruz, que usou como argumento o fato de o número de casos ter dobrado nos últimos nove dias.

Ele foi questionado sobre a articulação com os municípios no que diz respeito as medidas restritivas e argumentou que não pode fazer decretos para os 141 municípios, o que cabe aos prefeitos.

Segundo Mendes, muitas cidades adotaram medidas restritivas quando tinham poucos casos e, agora, estão tendo muita resistência da população para mantê-las. Disse ainda que isto é confirmado pela atividade econômica, que tem se apresentado muito próxima do que é considerado normal.

Por esse motivo, o governador alega que está em articulação para que sejam tomadas ações conforme a classificação de risco de cada local. Ela explicou que a Secretaria de Estado de Saúde (SES) está fazendo os boletins, que levam em consideração o número de casos.

A avaliação gera um índice que serve com base para as medidas, que podem ser baseadas em um decreto de recomendações publicado pelo governo do Estado.

Durante a entrevista, Mendes disse também que investirá em mais UTIs na Baixada Cuiabana, cerca de 50, e ainda outra centena distribuída pelos 141 municípios que compõem Mato Grosso.

Reforçou ainda a importância da distribuição de medicamentos, o kit covid, para quem já apresentar os sintomas porque, segundo ele, a letalidade está relacionada a gravidade com que o paciente chega nas unidades de saúde.

“As pessoas chegam com cerca de 50% do pulmão comprometido, o que dificulta o trabalho das equipes médicas”, relata.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior91 anos de história: a trajetória do sertanejo raiz que dominou o gosto musical dos brasileiros
Próximo artigoAssembleia de Deus em luto: morre pastor Rubens Siro vítima de covid