Entrevista com irmã de Michael Jackson confirmando pedofilia ressurge na rede

Cantor era acusado desde 1993 de praticar crimes contra crianças

(Foto: Reprodução/O Livre)

Os boatos envolvendo crimes de pedofilia, o cantor Michael Jackson e algumas crianças não são de agora. Na verdade, desde 1993 que o célebre cantor teve sua reputação atingida por denúncias graves.

A principal delas veio justamente de sua irmã, LaToya Jackson, que na época afirmou em entrevista os atos criminosos do cantor.

Nela, LaToya afirmou: “Se eu permanecer em silêncio, isso significa que eu devo alimentar a culpa e a humilhação que essas crianças estão sentindo e acho que está muito errado. Agora para e pensa por um segundo e me conta. Quantos de vocês têm 35 anos? Quantos levariam crianças pequenas e fariam isso? Que têm 9, 10, 11 anos de idade? Eu amo meu irmão, mas está errado.”

Confira a entrevista original:

Somente em 2011 que Latoya Jackson voltou atrás sobre o que disse, afirmando que foi obrigada pelo ex-marido, Jack Gordon, a dar a entrevista.

Na época, a família Jackson desqualificou a entrevista alegando que a cantora estava mentindo por uma desavença financeira.

Toda a polêmica envolvendo a suspeita dos crimes de pedofilia do ator reacenderam por conta do lançamento do documentário Deixando Neverland, produção da HBO que detalha minuciosamente os abusos que Robson e Safechuck sofreram quando ainda crianças nas mãos do cantor que faleceu em 2009.

O documentário será exibido em duas partes na HBO nos dias 16 e 17 de março.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem tenta matar esposa na porta de hospital depois de acidente
Próximo artigo“Mata Grossa”: mural grafitado anuncia documentário sobre mulheres de MT