Entenda o que o sabão faz com o coronavírus para te proteger

O seu maior aliado contra o coronavírus

Hábitos seculares ainda podem salvar vidas. No caso, durante essa gigantesca pandemia do novo coronavírus, os maiores aliados da humanidade contra o contágio seguem sendo a boa e velha mistura de sabão e água.

Pela característica bioquímica dessa combinação, temos o verdadeiro destruidor de micro-organismos nocivos aos seres humanos. Isso ocorre porque o sabão é uma mistura de gordura, água e álcalis ou sal básico.

O segredo está nas características de cada extremidade das moléculas de sabão, que têm cabeça e cauda. A cabeça é hidrófila, enquanto a cauda é hidrófoba e lipófila. Em outras palavras, é atraída pela água, de um lado, e por óleo ou gordura, do outro lado.

Quando você está lavando as mãos e as moléculas de sabão se encontram com gordura, suas caudas são atraídas por ela enquanto a cabeça permanece na água.

As forças de atração entre as cabeças e a água são tão fortes que levantam a gordura da superfície, de modo que ela é completamente cercada por moléculas de sabão, que a separam em pedaços cada vez menores, que são então arrastados com a água.

Por uma grande sorte natural, o sabão também é letal contra o novo coronavírus. O vírus, enquanto na sua mão, ainda pode permanecer vivo por alguns minutos aguardando apenas um mero deslize seu ao coçar alguma mucosa como nariz, olhos e boca.

Entretanto, enquanto espera por esse erro custoso, ele fica totalmente à merce da fascinante reação química do sabão com suas moléculas. O sabão não apenas solta o vírus da pele, mas também faz com que o envelope viral se dissolva, de modo que proteínas e o RNA deslizem e o vírus morra metaforicamente. Ele fica “inócuo”, seu RNA é totalmente envelopado por lipídios que são gorduras.

Dessa forma, destituído do RNA, o vírus não conseguirá enviar seu código genético para que uma célula em potencial fique doente e comece a replicar o vírus de forma descontrolada. A célula literalmente morre de exaustão enquanto pode criar até cem mil cópias de células virais no seu corpo. Ou seja, a guerra imunológica que ocorre quando você está doente chega na casa dos bilhões de envolvidos na batalha para recuperar a saúde.

Entretanto, para que toda essa magia aconteça naturalmente, lembre-se que é necessário lavar as mãos por ao menos vinte segundos, lembrando de limpar cada fresta dos dedos, palmas e costas das mãos. Assim, praticando esse pequeno ritual todos os dias, suas chances de acabar infectado são bem menores.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBrasil ultrapassa marca de 10 mil casos de covid-19
Próximo artigoVideochamadas substituem visitas nos centros socioeducativos de MT

O LIVRE ADS