Entenda como funciona o tratamento para droga

(Foto: Reprodução/Лечение Наркомании em Pixabay)

Existem diferentes tipos de tratamento para drogas que podem variar de acordo com cada particularidade do paciente. Sabemos que a dependência na droga gera uma porção de sintomas e que prejudica não só o usuário, mas amigos e familiares próximos também, por isso, a busca por uma clínica de internação deve ser realizada com rapidez para que através de tratamentos terapêuticos o vício possa ser controlado.

Hoje, em nosso blog, falaremos um pouco de como é realizado o tratamento em uma clínica para drogados.

As drogas e o tratamento

Não existe fórmula secreta e nem padrão a ser seguido para o tratamento drogas. Após uma avaliação com médicos especialistas, é que será indicado o quadro clínico do paciente e as formas para lidar com o vício.

As drogas ilícitas mais comuns são: Cocaína, crack, maconha, ecstasy, heroína e LSD. Todas essas drogas são compostas por substâncias que rapidamente provocam dependência e são transpassadas basicamente pela drástica mudança de comportamento do usuários — agressividade, inquietação e irritabilidade.

A avaliação psiquiátrica com o médico da clínica de reabilitação possui o intuito de verificar o risco que o paciente apresenta para ele e para outras pessoas aos arredores, o grau de entendimento sobre o seu dependência e frequência de utilização.

Tipos de internação

Dependendo do tipo de internação do paciente, ações diferenciadas são tomadas logo de imediato, isso porque para internação involuntária o paciente não concorda com o início do tratamento em uma clínica de reabilitação.

Quando é o caso de uma internação voluntária, o paciente está de acordo com o tratamento e entende que a única forma para controlar o vício é iniciar um tratamento contra as drogas com profissionais capacitados.

Principais etapas do tratamento

As etapas do tratamento na maioria dos casos consiste em:

Desintoxicação — Quando ocorre o processo de remoção das substâncias danosas ao corpo.
Terapia —  A terapia com psicólogo e psiquiatra conduz os pacientes a compreender os motivos do uso e vício, e os ajuda a evitar o descontrole em situações futuras.
Recolocação na sociedade — Durante essa etapa, o paciente recebe cuidados continuados e um trabalho voltado à prevenção de recaídas de forma que possa retomar sua vida e convívio social.

Infelizmente, o tratamento de drogas é contínuo, e extremamente necessário continuar as terapias e até mesmo a medicação depois do término da internação em uma clínica de reabilitação. A luta contra as drogas é diário! O autocuidado é constante!

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQuando usar hidrojateamento?
Próximo artigoSaiba mais sobre o descarte de cartuchos de tinta e a sustentabilidade