Enquanto ALMT planeja gastar dinheiro…

Representantes do segmento da pesca vão ao governo com propostas para o Cota Zero

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Enquanto o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho decide se contrata ou não alguém para estudar o projeto da Cota Zero, representantes do segmento da pesca foram até secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, com propostas como alternativas à proibição de transportar e comercializar peixes nativos dos rios do Estado.

Entre as sugestões apresentadas pelos pescadores amadores, está a permanência da cota de 5 quilos ou um exemplar de peixe por dia, como já acontece atualmente.

Também foi sugerida a liberação da pesca do Dourado, que é proibida desde 2013 em Mato Grosso.

Para que os rios sejam reabitados por peixes, a sugestão foi a soltura de alevinos e não as proibições previstas no Projeto de Lei 668/2019, de autoria do Poder Executivo, que podem inviabilizar a atividade pesqueira no Estado.

A reunião com Mauro Carvalho durou cerca de 1 hora, ocorreu no Palácio Paiaguás e o clima foi amistoso.

Segundo Nilma Silva, que é presidente da Associação do Segmento da Pesca do Estado de MT (ASP-MT), o secretário concordou – pelo menos, à princípio – com as sugestões apresentadas pelo setor.

E os pescadores profissionais foram enfáticos: não aceitar a proibição do transporte e comercialização de peixes e nem querem ser mantidos pelo governo estadual, por meio do seguro-defeso.

Por outro lado, concordaram que o governo tem mesmo que fazer um novo cadastramento e verificar quais são os pescadores que vivem exclusivamente da pesca e aqueles que, até têm a carteira profissional, mas não deveriam.

Apesar do tom amigável, segundo Nilma, o secretário não fez nenhuma promessa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Este site e principalmente o jornalista responsável pelas últimas matérias do COTA ZERO estão fazendo propaganda gratuíta para a NILMA SILVA, parente de ex político. Deveria apresentar sugestões urgente de como melhorar a qualidade da água e beira do rio.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAção da polícia contra traficantes termina com um morto e confusão envolvendo moradores
Próximo artigoVídeo | Pit bulls escapam e moradores de condomínio de luxo ficam com medo de sair de casa