Engenheiro condenado por estupro é encontrado seis anos após o crime

Ele mudava de cidade constantemente na tentativa de não ser encontrado pela polícia

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um engenheiro civil de 41 anos, condenado há 12 anos de prisão por estupro de vulnerável, foi preso nessa quinta-feira (15) em Cuiabá.

O crime aconteceu em 2012, quando o engenheiro estuprou uma menina de apenas nove anos. Conforme informações da Polícia Judiciária Civil, ele sabia da condenação e viveu por ao menos seis anos foragido.

Para não ser preso, o engenheiro constantemente se mudava de cidade, tendo passado por Colíder, Alta Floresta e Sinop, sempre buscando formas de dificultar seu encontro.

Há poucos dias, no entanto, a Gerência Estadual de Polinter e Capturas descobriu que ele ele estava em Cuiabá e começou a monitorá-lo, conseguindo prendê-lo nessa quinta-feira (15) no Bairro Nossa Senhora Aparecida.

Ele foi localizado e preso por policiais civis e teve o mandado de prisão preventiva cumprido. Ele foi encaminhado para a Polinter e, depois, para audiência de custódia.

(Com Assessoria)