Enfim, a inauguração

Governo anuncia para quinta-feira a abertura da ala do Hospital Metropolitano exclusiva para pacientes da covid-19

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A nova ala do Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, enfim teve a data de inauguração definida. Nesta quinta-feira (14) os 278 leitos destinados exclusivamente ao tratamento da covid-19 poderão começar a receber pacientes.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), a obra esta 92% concluída. Serão 238 leitos de enfermaria e 40 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Desse total, 210 são totalmente novos, sendo 180 leitos clínicos e 30 de UTI.

A unidade hospitalar funcionará como uma referência para o atendimento aos casos graves de coronavírus em Mato Grosso.

As obras tiveram início no dia 23 de março e, na época, a estimativa era que ficassem prontas em duas semanas.

É que o governo de Mato Grosso resolveu empregar a mesma tecnologia que a China usou para construir um hospital inteiro em cerca de 10 dias, logo que os primeiros casos de covid-19 apareceram no mundo.

Por aqui, no entanto, a obra demorou um pouco mais. Vai terminar com cerca de 1 mês e meio de atraso.

Mas após a pandemia, a estrutura construída ficará definitiva para o Hospital Metropolitano, que contava com outros 58 leitos clínicos e 10 de UTI.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProjeto prevê renda mínima para guias de turismo e professores durante pandemia
Próximo artigoJovem é preso por furtar cinco fardos de cerveja de mercado atacadista