|Quarta-feira, 19 setembro 2018
Suicídio de jovem é evitado policiais
Foto: Ednilson Aguiar

Técnica de enfermagem recusa atendimento a policial com sangramento e dá uma justificativa curiosa

Mesmo com dor e sangramento, policial tentou continuar em serviço

1152
COMPARTILHECOMPARTILHE

Um policial militar lotado no 14º Batalhão da PM, em Primavera do Leste (241 km de Cuiabá), que estava com um sangramento próximo ao olho esquerdo, teve o atendimento recusado por uma técnica de enfermagem da Unidade de Pronto-Atendimento do Bairro Poncho Verde.

O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (14), por volta das 08h30. Conforme o boletim de ocorrência, o policial sofreu uma lesão no olho esquerdo dentro da viatura, porém, mesmo com dor e sangramento, tentou continuar em serviço.

Quando estava no Bairro Poncho Verde, ele viu que o sangue estava escorrendo e começando a atrapalhá-lo de dirigir a viatura e, por isso, procurou ajuda na UPA do bairro.

Ao chegar ao local, o policial falou com a recepcionista e pediu que fosse realizada a limpeza do ferimento e um curativo. Ela pediu a identidade do PM para fazer o prontuário médico e, depois de feito, encaminhou o policial para uma sala onde deveria ser atendido.

Porém, para a surpresa até mesmo da recepcionista, a técnica de enfermagem que estava de plantão se recusou a prestar o atendimento.

A técnica foi indagada pela atendente sobre sua recusa, falando que era um policial militar que estava de serviço, mas “mesmo assim, a técnica de enfermagem, além de persistir na recusa ao atendimento, ainda usou as seguintes palavras para corroborar com a recusa: ‘para mim ele é qualquer pessoa, para mim ele é um cidadão comum e não vou atender ele’”, consta no boletim de ocorrência.

Ao LIVRE, o militar, que pediu para não ser identificado, contou que a enfermeira não deu outro motivo para a recusa do atendimento. “Ela simplesmente não quis me atender”, disse.

A equipe policial informou para a técnica de enfermagem que faria um boletim de ocorrência. Ela só não foi encaminhada para a delegacia imediatamente porque a UPA ficaria sem ninguém para ocupar seu posto.

Os policiais pediram o prontuário médico para confirmar que tentaram o atendimento na unidade, mas a técnica também se negou a entregar o documento, dizendo que, para o militar conseguir a cópia, precisaria abrir uma solicitação de cópia, que poderia ser atendida em no mínimo sete dias úteis.

O militar saiu da UPA e seguiu para o PSF (Programa de Saúde da Família) da Avenida Tancredo Neves, onde conseguiu ser atendido.

O caso foi registrado como omissão de socorro e deverá ser investigado pela Polícia Civil do município. O policial irá representar criminalmente contra a enfermeira.

COMENTÁRIOS

  1. Lamentável a atitude !!
    Porém o texto expoem erros e deixa até dúvidas quanto à veracidade. Afinal era uma Técnica de Enfermagem ou uma Enfermeira? Ou é um ou outro ?!!!

    • Concordo… Se torna até, de certa forma, uma notícia duvidosa. Já que nem a profissional sabem informar,pois técnica de enfermagem e enfermeira são duas profissões distintas!

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
17 membros de quadrilha que agia em roubos e homicídios em Cuiabá são presos em operação
Uma hora antes da viagem, governo cancela a ida de atletas a Campeonato Brasileiro Estudantil
Carro fica destruído e motorista preso às ferragens ao bater em poste no CPA III
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Taques sobre 3º lugar em pesquisa: “Respeitamos, mas vamos vencer as eleições”
Desembargador suspende condenação de Fabris para que ele possa disputar eleição
“O Estado tem que deixar de enfiar a colher na vida particular das pessoas”, diz Maria Lúcia, do PCdoB
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Peste suína africana: ministro emite alerta e pede ajuda a quem vai viajar para o exterior – veja vídeo
Três produtores da região de Quatro Marcos são destaques no SENAR
Mato Grosso quebra o próprio recorde de esmagamento de soja
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Parada Gay: no sábado, ativistas das causas LGBTI+ celebram a diversidade em ato político e cultural
Sessão Diversidade na UFMT debate ativismo contra AIDS com filme premiado em Cannes
Dramas sociais “O Invasor” e “Rota de Colisão” serão exibidos no Cineclube da UFMT nesta quarta
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Ex-comandante da PM do Rio é condenado por lavagem de dinheiro
Suspeitas sobre as urnas são “descoladas da realidade”, diz Rosa Weber
Em parecer ao STF, PGR insiste para que Eduardo Cunha continue preso
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Sine oferece quase 50 vagas de emprego nesta semana; 22 são para PCDs
Última semana para inscrição em concursos com salários de até R$ 7 mil; veja vagas
McDonald’s oferece 20 oportunidades de trabalho em Cuiabá
X