Enem: pedido de nova data

Defensoria Pública da União diz que agendamento coincide com aceleração de casos da covid-19 no país

Foto: Marcelo Casal Jr / Agência Brasil

A Defensoria Pública da União pediu à Justiça novo adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcadas para 17 e 24 de janeiro. Conforme o órgão, o agendamento atual irá coincidir com “novo pico” de casos da covid-19. 

“Temos agora uma prova agendada exatamente no pico da segunda onda de infecções, sem que haja clareza sobre as providências adotadas para evitar-se a contaminação dos participantes da prova, estudantes e funcionários que a aplicarão”, diz trecho da ação. 

Originalmente, o exame seria feito em novembro, mas a data foi alterada devido à pandemia. O Enem 2020 tem 5,78 milhões de candidatos confirmados. A versão digital será realizada em 31 de janeiro e 7 de fevereiro. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMáquinas, a todo vapor!
Próximo artigoAssistência Social reforça a importância da atualização cadastral do Bolsa Família