Empresários de Cuiabá encerram o ano com confiança na economia

Índice que mostra o ânimo do comércio com a situação econômica acumulou alta de 10% ao longo deste ano

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre

Empresários de Cuiabá veem o cenário de pandemia com menos pessimismo. Após ficarem quase quatro meses impedidos de abrir seus estabelecimentos, em 2020, e novamente algumas semanas no começo do ano, a confiança na econômica encerrará o ano no positivo. 

O Índice de Confiança (ICEC), medido pela Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviço e Turismo), teve leve alta em dezembro de 2%, em relação a novembro. A variação fez o índice chegar a 135 pontos. 

Ao longo do ano, a confiança dos empresários subiu 10% na comparação com 2020.  

“Alguns indicadores, como a ‘expectativa para o comércio’, continuam melhorando. Ele mostra que 96,2% dos comerciantes esperam melhoria para o setor, além da alta intenção para a contratação de funcionários. Temos dados bastantes animadores para um final de ano com aumento na movimentação do comércio varejista”, disse o presidente da Fecomércio, José Wenceslau de Souza Júnior. 

Conforme a federação, todos os componentes da pesquisa ICEC tiveram variação positiva em dezembro. O destaque ficou com o índice que acompanha o investimento, com alta de 4,5%.  

Outro bom resultado a expectativa de geração de empregos. Das 181 empresas entrevistadas na Capital, 92,2% têm avaliam aumentar a contratação de funcionários.  

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEnergisa anuncia investimento de R$ 87 milhões para regional de Rondonópolis
Próximo artigo2022: principal desafio para 78% dos prefeitos é recuperar a economia local