Empresário investigado por sonegação é morto a tiros em Cuiabá

A vítima era ré em uma ação penal e foi colocada em liberdade pela Justiça em julho de 2018

(Foto: Reprodução/O Livre)

O empresário Wagner Florêncio Pimentel, de 47 anos, foi executado na noite desse sábado (9), quando dirigia pela Avenida Brasília, no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá.

Em seu carro a polícia encontrou uma sacola com R$ 1,6 mil em dinheiro. Ele, que tem passagem pela polícia e foi alvo de uma operação de combate à sonegação de impostos, era monitorado por tornozeleira eletrônica.

Segundo o boletim de ocorrência, a polícia foi chamada para a região por testemunhas, que ouviram barulhos de disparo de arma de fogo.

As primeiras testemunhas também chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que, ao chegar, apenas constatou a morte do empresário.

Conforme o BO, ele estava dirigindo seu carro, um Renault Sandero de cor branca, quando foi executado. Não há informações sobre quem possa ter cometido o crime. Também não há indícios de que ele tenha sido roubado.

Dentro do veículo os militares encontraram cinco cápsulas de munição, calibre 9 mm, além de R$ 1,6 mil em espécie e uma sacola com envelopes.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estiveram no local para a liberação do corpo. O caso vai ser investigado.

Monitorado

Wagner já era monitorado pelo Sistema Penitenciário desde julho de 2018.

Alvo da Operação Crédito Podre, deflagrada pela Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz) em dezembro de 2017, ele era acusado de participar de um esquema de sonegação de impostos por meio de fraude em exportação de commodities.

O empresário foi preso em 2018. Seu advogado entrou com pedido de habeas corpus e conseguiu a liberdade dele na Terceira Câmara Criminal do TJMT. O uso da tornozeleira eletrônica era uma das medidas cautelares impostas pela Justiça.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPoliciais recuperam veículos roubados avaliados em mais de R$ 300 mil
Próximo artigoPra surdo ouvir: intérprete canta hit de banda cuiabana na linguagem de sinais

O LIVRE ADS