Empresa libera consumo de cerveja durante o horário de trabalho

Empresa acredita que a criatividade fica aguçada depois de um bom copo de cerveja

Para muita gente a criatividade fica aguçada depois de tomar uma cervejinha. Mas uma agência de assessoria de imprensa de São Caetano do Sul resolveu levar isso a sério: está liberado o consumo de bebidas durante o expediente. A gente explica isso melhor.

É que a Notícia Expressa atende empresas do setor cervejeiro. Certa vez, a proprietária, Miriam Matos, teve dificuldade para escrever um texto de divulgação do produto. Ela só conseguiu o resultado desejado após experimentar a bebida. A ideia é vivenciar a experiência para produzir um bom trabalho.

“O texto fez muito sucesso e pensei que poderia levar isso para a agência. Comecei nas reuniões, há cerca de quatro anos, e agora eles podem beber no horário que quiserem”, diz.

O objetivo é que cada trabalhador tenha sua própria percepção sobre cada rótulo e possa escrever e divulgar a cerveja de uma forma completa. Para ela, o trabalho de assessoria de imprensa só funciona se o funcionário acreditar no produto, conhecê-lo a fundo e se sentir parte dele.

“Só assim conseguimos traduzir o objetivo da empresa em textos que geram resultados. Para a minha surpresa, o ambiente de trabalho mudou, todos estão mais soltos, criativos e isso aproximou as pessoas”, afirma Miriam.

O assessor de imprensa, Renan Santiago, de 27 anos, é um dos cinco colaboradores da agência que aproveita o benefício. Há um ano na empresa, ele atende somente contas do ramo cervejeiro e acredita que a iniciativa o ajudou a produzir melhor.

“A cada dia eu me sinto mais à vontade para escrever sobre as particularidades de cada rótulo. Sei que não vou escrever algo errado”, afirma.

“É a união do útil ao agradável. Ao mesmo tempo que fazemos uma reunião para um assunto sério, tomamos uma cerveja e isso nos deixa mais à vontade. Mas, ao mesmo tempo, ela nos dá mais argumento para escrever”, diz Santiago.

O que achou da ideia?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorComerciantes repudiam decisão do STF
Próximo artigoFunko lança coleção de Star Wars: A Ascensão Skywalker