Emprego na Saúde de MT

Estimativa do governo é de que 500 profissionais da saúde cumpram as atividades de casa ou sejam dispensados

(Foto: Reprodução)

O Governo do Estado prevê lançar um edital de chamamento para suprir a falta de profissionais dispensados das atividades presenciais por causa do coronavírus. A informação é do secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A estimativa dele é de que cerca 500 profissionais da saúde cumpram as atividades de casa ou sejam dispensados, por estarem em grupo de risco.

“A ideia é suprir as necessidades que forem surgindo ao longo da epidemia”, explicou Figueiredo.

Na quarta-feira (25), em decisão liminar o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MT) determinou que o governo libere os servidores da saúde que integram os grupos de risco.

Em alguns casos, porém, o teletrabalho deve ser usado como alternativa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça e o coronavírus: decisões ficam parcialmente sem efeito por conta da demora
Próximo artigoMauro Mendes defende retomada das atividades econômicas

O LIVRE ADS