Embriagado, homem agride esposa e a procura com faca na mão depois de ser denunciado

Ele também agrediu o filho do casal e acabou preso ao ser encontrado pouco depois das agressões e ameaças

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma briga entre um casal – ambos deficientes auditivos –, na manhã do último domingo (23), foi parar na delegacia. Embriagado, o homem, de 32 anos, bateu na mulher e no filho e, depois de ser denunciado, foi atrás da esposa com uma faca na mão.

O caso aconteceu no Bairro Nova Canaã, em Cuiabá, por volta das 08h20.

A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica envolvendo o casal deficiente auditivo. Ao chegar na casa, junto à vítima, que tinha ido até a base da PM no bairro Três Barras pedir ajuda, os policiais encontraram o filho do casal, de 10 anos, que pôde explicar o que aconteceu – somente ele não é deficiente auditivo.

Segundo o relato dos policiais que atenderam a ocorrência, a criança contou que o pai tinha ficado desde o sábado (22) consumindo bebidas alcoólicas e, no domingo (23), ficou exaltado e agressivo e agrediu a esposa com tapas e empurrões. Depois, ele ainda agrediu o filho com um tapa na cabeça.

A mulher foi até a base da PM pedir socorro, o que deixou o marido ainda mais irritado. Ele, então, teria pego uma faca e foi atrás dela. A princípio, uma equipe policial tentou encontrá-lo pelo bairro e não conseguiu.

Porém, depois de deixar a vítima em casa junto ao filho, os policiais continuaram as buscas e encontraram o suspeito ainda no bairro, com uma faca na cintura. Ao checar o nome dele via CIOSP, ainda constava um mandado de prisão em aberto.

Ele foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá. O caso foi registrado como ameaça, injúria real e cumprimento de mandado de prisão em aberto.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS