Emanuel rejeita convite

Em nota, prefeito de Cuiabá disse que não poderia se reunir com quem o ataca gratuitamente e o rotula de "malandro"

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) informou por meio de nota à imprensa que não vai comparecer à reunião com o governador Mauro Mendes (DEM) na próxima segunda-feira (15).

Mendes encaminhou o convite ao prefeito e ao secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho, por meio do deputado federal – e filho de Emanuel Pinheiro – Emanuelzinho.

De acordo com o Emanuel, profissionais que compõem a equipe técnica do Comitê Municipal de Enfrentamento ao novo coronavírus vão acompanhar Pôssas de Carvalho no encontro.

“Jamais deixarei de honrar meu compromisso com minha gente, mas entendo que eu não poderei me reunir com um gestor que me atacou gratuitamente, que me rotulou de ‘malandro de carteirinha’. Eu reforço meu esforço e dedicação para preservar a vida e a saúde das pessoas e todas as diretivas desse encontro serão seguidas. Sempre colocamos que o nosso enfrentamento sempre foi à covid-19”, escreveu o prefeito.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorComo as transmissões ao vivo têm transformado o setor do entretenimento
Próximo artigoCovid-19: deputados encontram ala desativada e leitos de UTI sem condições de uso