Emanuel processa Fábio

Emanuel Pinheiro cobra na Justiça que o presidente do DEM, Fábio Garcia, pague R$ 50 mil por danos morais

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre

O prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro (MDB) pediu à Justiça para multar o presidente estadual do DEM e suplente de senador, Fábio Garcia, por supostos danos morais. 

Pinheiro afirma que, ao dar entrevistas a jornalistas neste mês, Fábio Garcia teria “denegrido e difamado” sua imagem ao dizer que a oposição quer “tirar do poder esse prefeito corrupto”. 

A defesa de Pinheiro pediu que ele receba R$ 50 mil por causa do comentário. A ação foi protocolada nessa terça-feira (20) na Vara Cível de Cuiabá. 

No início deste mês, Pinheiro pediu que a Justiça proibisse o governador Mauro Mendes (DEM) de fazer comentário sobre ele e sua gestão. A resposta de Mendes à ação foi que a situação jurídica de Emanuel é “pública e notória”. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia Federal combate esquema de desvio de recursos públicos no IFMT
Próximo artigoHomem é agredido por moradores por mostrar órgão genital para crianças do bairro