Emanuel Pinheiro cancela festa dos 300 anos de Cuiabá

Falta de local faz prefeito cancelar a festa depois da negativa do governo em ceder a Arena Pantanal

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Em vídeo publicado no Facebook, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), anunciou o cancelamento do Festival 300 anos, que reuniria apresentações artísticas e cerimônias religiosas na semana do aniversário de Cuiabá. Como motivo do cancelamento, o prefeito elencou a dificuldade de encontrar um local adequado para o evento.

A decisão se deu porque o governo do Estado decidiu acatar o pedido do Ministério Público Estadual (MP), que recomendou a não utilização da Arena Pantanal para a realização do evento. No vídeo, o prefeito lamenta a decisão do Estado e destaca que o estádio, assim como os outros que foram construídos para a Copa de 2014, é um espaço multiuso e que a Prefeitura estava tomando os cuidados necessários para não danificar o gramado da Arena.

“Em virtude do individualismo de alguns setores, nossa Capital não será mais presenteada com o Festival dos 300 anos”, iniciou dizendo. “Apesar do planejamento de trazer aquilo de mais tecnológico para garantir a manutenção da Arena Pantanal, a Federação Mato-grossense de Futebol nos acusou antecipadamente de que estragaríamos a grama do estádio. Demos todas as garantias, mas não foram suficientes. E olha que a Arena Pantanal foi criada para ser uma arena multiuso, não só palco de espetáculo futebolístico”, continuou o prefeito.

O argumento da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) foi o de que o evento poderia danificar o palco do Campeonato Mato-grossense, que está na sua fase final de andamento.

No vídeo, Emanuel destaca que outros lugares foram cogitados para receber o evento, o primeiro teria sido a Orla do Porto, descartada diante do público esperado. Depois o Sesi Papa, descartado por questão de logística e por último o Parque de Exposições Senador Jonas Pinheiro (Acrimat), que não poderia receber o evento porque está em reforma.

O vídeo foi gravado em Brasília, na Esplanada dos Ministérios, em frente ao prédio da Saúde, onde o emedebista teve reunião para buscar uma solução para a crise na Santa Casa da Misericórdia, que paralisou seus atendimentos e alega falta de recursos.

“O secretário de Cultura e Esporte do Estado, Allan Kardec, solicitou que eu falasse com o governador Mauro Mendes ou com o presidente da Federação de futebol, Aron Dresch, mais uma vez. Mas eu estou aqui em Brasília atrás de recursos para não deixar fechar a nossa Santa Casa (…) Se for para criarmos uma polêmica, uma celeuma com alguém ou com alguma instituição, que seja por motivos prioritários para Cuiabá como, por exemplo, a nossa Santa Casa”, ponderou.

Na gravação, o gestor disse lamentar a atitude que tomou, e que a festa seria custeada com recursos privados e teria shows da banda Jota Quest, Zezé di Camargo e Luciano, Leonardo e Chitãozinho e Xororó. Em outro dia se apresentariam o cantor gospel Fernandinho e do Padre Alessandro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

5 COMENTÁRIOS

  1. Carnaval: “Não faremos festa para economizar para a festa dos 300 anos de Cuiabá.”
    Aniversário de Cuiabá: “Não realizaremos por falta de espaço.”
    … tá “serto”

  2. O Mais coerente a dizer seria: ” não existi motivo para comemorar, não podemos comemorar os 300 anos tendo a Santa Casa em caos total, deixando nossos cidadãos passando por essa situação, eu como prefeito e amando essa terra não me sentiria bem cantando parabéns e sabendo que estou comemorando também morte de meus irmãos Cuiabanos por falta da Santa Casa de misericórdia !” Sairia mais bonito viu Prefeito, PEGA COMO EXEMPLO O PREFEITO DE COLATINA ! #ficaadica

  3. Antes da festa tem q fazer:
    Tampar os buracos da cidade, estancar o esgoto q corre a céu aberto, por os Hospitais em dia para atender o cidadão, arrumar todos os pontos de onibus da cidade, consertar as escolas, carteiras e valorizar o professor, falta postos de saúde, creches caindo aos pedaços, falta viaturas, segurança..etc…etc
    DEPOIS FALEMOS EM FESTA OK, COMBINADO ??

  4. Isso é uma vergonha , esse prefeito deve estar de gozação com os cuiabanos. Vamos elencar os fatos, primeiramente foi criado a secretaria para o “Cuiaba 300” , o qual serviu para cabide de empregos no município.
    Gastos exorbitantes com decorações ,propagandas, paineis eletronicos para contagem dos dias para o aniversario da cidade e etc. Espero que não esteja enchendo os bolsos do paletó novamente.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSelma faz apelo para que o Congresso vote urgentemente regulamentação do FEX
Próximo artigoEscola de Rosário Oeste recebe reparos e adequações na estrutura