Emanuel Pinheiro “amarga” 19º posição em número de curtidas no Facebook entre prefeitos das capitais

O prefeito sobe 2 casas quando a análise é proporcional a população da cidade, passando para 17ª colocação, com 7,8%

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Com apenas 43,5 mil curtidas em sua página no Facebook, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), “amarga” a 19º posição no “ranking de popularidade” nesta rede social, quando comparado aos 26 prefeitos de capitais do país. O prefeito sobe 2 casas quando a análise é proporcional a população da cidade, passando para 17ª colocação, com 7,8%.

O levantamento foi feito pelo LIVRE com base nas páginas no Facebook dos prefeitos em exercício nas capitais atualmente e no censo demográfico de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O prefeito com maior número de curtidas em sua página na rede social, com ampla vantagem sobre os demais, é Marcelo Crivaella (PRB), do Rio de Janeiro (RJ), com 2,1 milhões. Ele também é o primeiro colocado quando é levada em consideração a população da cidade, com 33%.

Em número de curtidas, Emanuel Pinheiro só ganha do prefeito de Rio Branco (AC), Marcus Alexandre (PT), que tem 39 mil, de Porto Velho (RO), Dr. Hildon (PSDB), com 38,7 mil, Aracaju (SE), Edvaldo Nogueira (PCdoB), com 38,5 mil, de Macapá (AP), Clécio Luis (Rede), com 38,4 mil, de Natal (RN), Carlos Eduardo Alves (PDT), com 18 mil, de Palmas (TO), Cinthia Ribeiro (PSDB), com 4,8 mil, e de Goiânia (GO), Iris Rezende Machado (MDB), com apenas 43 curtidas.

Quando a comparação leva em conta o percentual da população da capital, são mais populares que Emanuel, além Crivella, a prefeita de Boa Vista (RR), Teresa Surita (MDB), com 1,2 milhão de curtidas, que equivalem a 22%, de Fortaleza (CE), Roberto Cláudio (PDT), com 465 mil, que representam 18,9%, de Salvador (BA), ACM Neto (DEM), com 469 mil, equivalente a 17,5%, e de Porto Alegre (RS), Nelson Marchezan Júnior (PSDB), com 234 mil, que representam 16,6% da população gaúcha.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSinfra revoga RDC de R$ 201 milhões para kits de pontes
Próximo artigoJornais e emissoras se juntam para combater fake news nas eleições