Emanuel diz que o filho caiu no gosto mato-grossense

Emanuelzinho figurou em primeiro em pesquisas de intenção de voto

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), votou no final da tarde deste domingo (7), e disse acreditar em um bom resultado para o filho, Emanuelzinho (PTB), que disputa sua primeira eleição, para o cargo de deputado federal. Em diversas pesquisas de intenção de voto, o rapaz figurou em primeiro lugar. Apesar disso, o chefe do Executivo disse que pesquisas não são o suficiente para garantir a vitória do filho.

Ao LIVRE, Pinheiro disse que as expectativas são altas e considerou que a campanha de Emanuelzinho foi boa, de alto nível. “Foi baseada em ideias, propostas de um jovem que tem pura vocação, de sonho em servir, que é uma vocação natural dele, extremamente humilde”, disse.

Conforme o prefeito, pelas pesquisas divulgadas na mídia, foi possível notar que o candidato “conquistou e caiu no gosto da população cuiabana e mato-grossense”, e que, por isso, é uma “grande opção” para deputado federal.

Apesar disso, Pinheiro disse que não é possível confiar cegamente nas pesquisas de intenção de votos. Na porta do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), onde estava prevista sua votação, o prefeito pontuou que é na urna a verdadeira pesquisa.

[featured_paragraph]“Não precisa de a gente ficar envaidecido. Ficamos honrado com as pesquisas, mas essa é a pesquisa que vale, essa é a que pesa e a que vai definir. A vontade popular prevalecendo sobre toda e qualquer opinião”, finalizou.[/featured_paragraph]

Nas primeiras parciais da apuração destas eleições, Emanuelzinho figurava na sexta posição à Câmara Federal, com 17.978 votos. Ao todo, 29% das urnas haviam sido apuradas.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDois candidatos a deputado estadual são presos por crime eleitoral nesta manhã
Próximo artigoRonaldinho Gaúcho e Anderson Silva declaram apoio a Jair Bolsonaro