Em vídeo, governo diz que usa caneta como arma de defesa dos direitos do cidadão

O vídeo de pouco mais de 40 segundos tem chamado a atenção nas redes sociais

Reprodução

O Governo Bolsonaro preparou uma campanha publicitária para defender a flexibilização das normas para a compra e posse de arma de fogo no Brasil. No material, uma caneta é utilizada em uma metáfora, na qual o Governo afirma que o objeto é a única arma utilizada “para garantir um direito importante do cidadão”.

O vídeo tem pouco mais de 40 segundos e tem chamado atenção nas redes sociais. O material ainda não foi ao ar, mas já circula em grupos de WhatsApp.

O material começa com uma narração, contando que o governo já assinou o decreto de lei que assegura o direto de posse de arma para legítima defesa. Na sequência, o vídeo destaca que o decreto – assinado nesta terça-feira (15) – é uma “conquista” e que dá liberdade para que cada um escolha se quer ou não ter uma arma de fogo em casa para “proteção”.

“Democracia se faz com a defesa dos direitos de todos”, finaliza a narração.

O jornal Valor Econômico também teve acesso a peça publicitária. E, segundo a publicação, o chefe da Secretaria de Comunicação do Planalto, Floriano Barbosa, já teria apresentado o material para o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e recebido aval dele para a veiculação.

Veja vídeo:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMauro não terá dificuldade para aprovar decreto de calamidade, dizem deputados
Próximo artigoApós três meses de atraso no aluguel, locadora quebra louças de restaurante e agride inquilina