Em VG, comércio volta a abrir as portas, mas só pode atender com 50% da capacidade

Shopping e escolas continuarão fechados; já os ônibus só podem circular com passageiros sentados

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Prefeitura de Várzea Grande decidiu flexibilizar as regras da quarentena para o setor do comércio. As regras começam a valer nesta quarta-feira (8).

A recomendação é que as regras de higiene e distanciamento sejam mantidas para evitar a contaminação por coronavírus.

A determinação é que o comércio possa abrir as portas, mas atuar com o atendimento de apenas 50% da capacidade de público pelos próximos 15 dias.

Restaurantes, bares, feiras, cafés, padarias, conveniências, distribuidoras de bebidas, açougue e peixaria também vão poder retomar as atividades, mas com atendimento de apenas 30% da capacidade.

Permanecem fechados

O shopping center da cidade, casas noturnas, templos religiosos, academias e locais que geralmente aglomeram pessoas continuarão fechados por mais 15 dias.

Também continuam proibidos os eventos como: inaugurações, congressos, conferências e qualquer outro tipo de evento que precisa de licença do poder público para funcionamento.

A prefeitura também manterá suspensas as escolas e creches, públicas e privadas até 30 de abril ou até novo decreto.

Transporte público

No caso dos ônibus, estão em funcionamento 70% da frota, mas a regra é que os ônibus só podem circular com passageiros sentados, em poltronas alternadas e sem nenhum passageiro em pé.

A prefeitura informou que vai intensificar a fiscalização – que já está sendo feito de forma taxativa – para garantir que as regras sejam cumpridas. O desrespeito pode gerar multas e fechamento do estabelecimento.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCoronavírus: Brasil registra 114 mortes em um dia e total chega a 667
Próximo artigoCoronavírus: Justiça de Mato Grosso amplia quarentena até 30 de abril

O LIVRE ADS