Em show sunset em Cuiabá, Thiaguinho fala sobre fim do projeto Tardezinha; confira fotos e vídeo

O show de abertura ficou por conta do grupo de pagode Atitude 67

(Foto: Suellen Pessetto/ O Livre)

Para muitos, domingo é sinônimo de descanso. Mas se tem o pagodeiro Thiaguinho na área, a coisa muda de figura e todo mundo entra fácil na dança do “Caraca Muleke”.

E foi esse o clima que tomou conta do Sunset Musiva na área externa da casa de shows.

Ao cair do sol, o grupo de pagode Atitude 67 deu início à festa. “Cerveja de Garrafa” e “Saideira” eram alguns dos sucessos aguardados pelos fãs dos músicos sul-mato-grossenses (por isso o 67 no nome da banda, remetendo ao DDD do Estado vizinho).

Logo após o Atitude, subiu ao palco fazendo no peito o sinal da cruz, o carismático showman Thiaguinho, que está se despedindo do Tardezinha.

Desde que anunciou o fim do projeto em dezembro de 2018, para dar andamento a outros planos musicais, o cantor vem rodando o Brasil, deixando pelas cidades onde passa, um gostinho nostálgico.

Afinal, o projeto-coletânea de sucessos que marcaram gerações pagodeiras, tinha a intenção de durar apenas 1 mês, mas de tão bom acabou se estendo por cinco anos, se transformando no álbum Tardezinha, que ganhou o volume 1 e 2 pela Som Livre.

Em entrevista ao LIVRE, Thiaguinho falou do adeus ao projeto, dos 17 anos de carreira e que está numa fase feliz “O bom da vida é aproveitar o momento. É um fim de um projeto, e não sei dizer se o Tardezinha pode voltar um dia. A vida é feita de ciclos e desse projeto levo boas lembranças” revelou.

Em bate-papo no camarim também adiantou sobre a pegada do projeto VIBE e AcúsTHIco (com T.H.I maiúsculo mesmo) com repertório inédito e que dá espaço a outras vertentes musicais. Confira entrevista na íntegra e galeria de fotos com o melhor da festa.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS