Em Cuiabá, clima natalino circula pelas ruas “de carona” nos ônibus

Além de circularem iluminados, eles conduzem os artistas do Flauta Mágica para apresentações nos principais pontos da cidade

O clima de Natal está circulando de carona nos ônibus de Cuiabá até o dia 6 de janeiro de 2020. É que vários veículos das frotas das empresas locais estão estão iluminados para percorrer as vias da Capital, dos bairros até o centro e vice-versa.

No dia 23 de dezembro ocorre, inclusive, uma carreata pela cidade, a partir das 18 horas.

A ação faz parte do projeto “O Natal vem de ônibus”, que estreou no ano passado. Além do colorido especial, atividades artísticas marcam a temporada.

As empresas Pantanal Transportes, Integração Transportes, Expresso Caribus e União Transportes, em parceria com o Instituto Flauta Mágica, realizam uma série de apresentações entre os dias 9 e 13 de dezembro, sempre às 17h45.

Ao todo 300 alunos do projeto – entre crianças e adolescentes que participam das aulas dos corais, ballet e orquestra – vão realizar intervenções nas paradas de ônibus que costumam ter grande aglomeração de pessoas.

O tempo de duração das exibições varia de 30 a 40 minutos, em horário de pico, quando a população sai do trabalho e retorna para casa.

Na segunda-feira (9), o coral infantil e grupo de flautas intermediárias se apresentou na Estação Alencastro. No Terminal do CPA 1 foi o ballet.

Já nesta quarta-feira (11) o coral infantil e flautas intermediárias presenteiam o público da Praça Caic, no Pedra 90.

Na quinta-feira (12), é a vez do Terminal André Maggi, de Várzea Grande, onde haverá espetáculo de ballet.

Por fim, na sexta-feira (13), os alunos da orquestra e coral juvenil se apresentam na Praça Ipiranga, em Cuiabá.

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHospital Geral retoma atendimentos após prefeitura pagar 70% de dívida
Próximo artigoCriança tem os dentes quebrados por colega e escola é denunciada por omissão

O LIVRE ADS