Em CPI, Mandetta diz que não houve lockdown no Brasil

O ex-ministro ainda culpou Bolsonaro pelo aumento no número de casos de covid-19

O ministro da Saúde atualizou dados sobre o coronavírus neste sábado (Agência Brasil Marcello Casal Jr)

Em depoimento na CPI da Covid no Senado, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta voltou a afirmar que o “Brasil não fez nenhum lockdown“. De acordo com ele, o isolamento adotado no Brasil não foi o bastante para deter o coronavírus.

O ex-ministro ainda afirmou que o país sempre ficou um passo atrás em relação ao vírus e que as medidas adotadas durante a pandemia não foram eficientes.

“Em relação a lockdown, o Brasil não fez nenhum lockdown; o Brasil fez medidas depois do leite derramado, depois que a gente chega e fala assim: ‘Vai entrar em colapso o sistema de saúde’, então fecha. ‘Vai acabar o remédio’, então fecha. Lá em Manaus: ‘Acabou o oxigênio’, então fecha”, disse o ministro.

No decorrer do depoimento, o ministro ainda terceirizou a culpa  do aumento dos casos de covid-10 ao presidente Jair Bolsonaro. E ainda acusou o governo de não agir preventivamente.

“Aqueles que fizeram preventivo, pela técnica, foram muito poucos”, disse o ministro.

A CPI irá continuar e ainda vai ouvir na sequência todos os ex-ministros da Saúde do Governo Bolsonaro, além do atual ministro, Marcelo Queiroga.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCompra de consórcio de prefeitos empaca por falta de vacinas
Próximo artigoQuadro do humorista Paulo Gustavo é irreversível, diz boletim