Eliana Vitaliano morre de covid

A mãe de Eliana e o marido dela também foram internados com covid-19

(Foto: Reprodução)

Vítima de covid-19, a coordenadora da Pastoral do Migrante de Cuiabá, Eliana Vitaliano, de 57 anos, morreu em um hospital particular de Cuiabá, nesta terça-feira (23), vítima de complicações da covid-19.

De acordo com a Associação de Defesa dos Haitianos Imigrantes e Migrantes em Mato Grosso (ADHIMI), Eliana estava internada há 10 dias.

Eliana é conhecida por estar à frente dos trabalhos da Casa e Pastoral do Migrante.

A instituição surgiu em 1980 e já acolheu mais de 2 mil pessoas. No início, a maioria eram brasileiras. Em 2012, os haitianos buscaram ajuda e mais de 5 mil foram atendidos. Já em 2018, a maior parte do acolhimento foi de venezuelanos.

A mãe de Eliana, Nelzira Carvalho, e o marido dela, o servidor público Roosivelt Coelho, também foram internados com covid-19.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEconomistas endereçam carta aberta ao governo sobre pandemia: “O Brasil exige respeito”
Próximo artigoSTF declara que Moro agiu de forma parcial ao julgar ex-presidente Lula