Eleições MT 2018: Mauro Mendes é eleito o novo governador de Mato Grosso

Pedro Taques acaba de entrar para a história como primeiro governador não reeleito

Foto:Ednilson Aguiar/O Livre

Seguindo a tradição do Estado, Mauro Mendes (DEM) encerrou a disputa pelo cargo de governador no primeiro turno das eleições MT 2018. Com 92% das urnas apuradas pela Justiça Eleitoral, ele está matematicamente eleito com 772.501 votos, o que representa 58,81% dos votos válidos.

Por outro lado, Pedro Taques (PSDB) acaba de entrar para a história como primeiro governador não reeleito em Mato Grosso. Com apenas 248.085  votos (18,89%) conquistados até o momento, o tucano amargou a terceira colocação na disputa rumo ao Palácio Paiaguás.

Já o senador Wellington Fagundes (PR), que foi lançado pré-candidato apenas para preencher a lacuna da oposição, acabou desbancando o atual governador. Faltando 8% das urnas para serem apuradas, o republicano conquistou 257.223 votos (19,58%).

Novatos na política, Arthur Nogueira (Rede) e Moisés Franz (Psol) receberam até agora 22.515 (1,71%) e 13.260 (1,01%) votos, respectivamente.

O novo governo

Ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes tem como vice Otaviano Pivetta (PDT), ex-gestor de Lucas do Rio Verde. Os dois são empresários – Mendes no ramo metalúrgico e Pivetta no agronegócio.

Nas eleições deste ano, a dupla repetiu a dobradinha das eleições de 2010, quando acabaram derrotados na disputa ao governo por Silval Barbosa, hoje réu confesso de crimes de corrupção.

Mauro e Pivetta são ex-aliados de Pedro Taques. Em 2014, quando foi eleito governador com a segunda maior votação da história, o tucano, inclusive, contou com o apoio dos dois ex-gestores. Com 833,7 mil votos (57,25% dos votos válidos), ele só perdeu para Blairo Maggi (PP), que em 2006 conquistou 922,7 mil votos, atingindo 65,39% da preferência dos eleitores.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEleições MT 2018: com 70% das urnas apuradas, Mauro Mendes segue na frente; Wellington passa Taques
Próximo artigoEleições MT 2018: Selma está eleita senadora por Mato Grosso

O LIVRE ADS