Eleições 2022: Moro diz que não irá disputar a Presidência

O ex-ministro da Justiça teria informado ao seu novo empregador que não irá disputar as próximas eleições

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, não deve disputar as próximas eleições presidenciais.

Em conversas com aliados políticos, Moro havia estipulado o mês de outubro como prazo para definir sua possível entrada na disputa presidencial. Na conversa com apoiadores, Moro confirmou que poderia ser candidato pelo Podemos.

Entretanto, mesmo com as expectativas, o ministro foi pressionado pela família a não se envolver mais com política. O desgaste gerado pelo conflito de Moro com o presidente Jair Bolsonaro pode ter sido um fator para a família ter pedido ao ex-juiz que não fosse candidato.

Em novembro do ano passado, o LIVRE noticiou um episódio em que a esposa do ex-ministro afirmou que não gostaria que ele voltasse a se envolver com política. De acordo com ela, a possibilidade de o marido ser candidato sempre foram baixas.

Moro fora da disputa

O ex-ministro informou ao seu empregador, a consultoria Alvarez & Marsal, que não será candidato ao Palácio do Planalto em 2022.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEventos liberados em Sinop
Próximo artigoEstado de saúde de Orlando Drummond é grave, diz assessoria