Eleição para procurador-geral

Vencedor terá papel decisivo em questões orçamentárias

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Os promotores José Antônio Borges (atual procurador-geral) e Flávio Cézar Fachone estão concorrendo ao cargo de procurador-geral do Ministério Público de Mato Grosso. A eleição para a gestão do biênio 2021/2023 terá início na próxima sexta-feira (11) e se estenderá até segunda-feira (14).

Pela primeira vez, a escolha ocorrerá exclusivamente por meio de sistema eletrônico de captação de votos. De acordo com a presidente de Comissão Eleitoral, procuradora de Justiça Esther Louise Asvolinsque Peixoto, devem participar da eleição todos os 248  procuradores e promotores de Justiça que estão no efetivo exercício de suas funções.

Para votar, o procurador ou promotor de Justiça deverá entrar no Portal de Aplicativos para ter acesso ao sistema “Eleições”.

Vale lembrar que o escolhido para o cargo terá a função de liderar o Ministério Público em questões internas e externas, entre elas o encaminhamento de propostas de leis para o Poder Legislativo, bem como decisões que envolvam o orçamento da instituição.

LEIAM TAMBÉM:

Ritos eleitorais

Com a votação, os membros do MPMT definem o primeiro e o segundo colocados da lista. Na sequência, haverá a homologação pelo Colégio de Procuradores de Justiça e no primeiro dia útil de 2021 a lista será encaminhada ao Governador do Estado, que terá até 15 dias para promover a nomeação do novo chefe da instituição.

A solenidade de posse ocorrerá na primeira quinzena de fevereiro.

(Com informações da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorUFMT comemora 50 anos
Próximo artigoConta antiga