Eleição Municipal: Candidatos e partidos devem entregar prestação de contas até 15 de dezembro

Até esta sexta-feira (11/12), 4.235 contas foram recebidas pela Justiça Eleitoral de Mato Grosso, o que representa aproximadamente 30% do total esperado

(Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Os candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador que disputaram as Eleições Municipais de 2020, bem como os partidos políticos aos quais estão filiados, não devem deixar para a última hora a apresentação de suas prestações de contas eleitorais, a fim de evitar o congestionamento dos sistemas eleitorais e aglomerações. A entrega tempestiva da prestação de contas será verificada pelo envio dos documentos elencados no artigo 53, inciso II, da Resolução TSE nº 23.607/2019, até as 23h59 da próxima terça-feira (15), pelo Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE).

Em Mato Grosso, 14.394 contas – referentes as Eleições Municipais 2020 – devem ser prestadas, sendo 478 de candidatos a prefeito, 11.844 dos que concorreram ao cargo de vereador, 2.043 diretórios municipais e 29 diretórios estaduais. Até esta sexta-feira (11/12), 4.235 contas foram recebidas pela Justiça Eleitoral de Mato Grosso, o que representa aproximadamente 30% do total esperado.

Os documentos deverão ser inseridos no Sistema SPCE para processamento, sendo gerado uma mídia eletrônica ao final. E é apenas essa mídia eletrônica que deve ser entregue no cartório responsável pela análise das contas. A Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 23.632/2020 estabeleceu um planejamento específico para a entrega presencial dessa mídia. Após o envio dos dados pela internet, a entrega presencial ocorrerá de maneira escalonada, com o objetivo de evitar aglomerações e filas no cartório eleitoral.

Ao aprovar o texto que adotou os procedimentos, na sessão administrativa de 19 de novembro, o Tribunal considerou as recomendações do Plano de Segurança Sanitária para as Eleições Municipais de 2020, entre elas, evitar agrupamento de pessoas em razão da pandemia de Covid-19.

Entrega presencial

Para a apresentação presencial das mídias, foi fixado um escalonamento. Os eleitos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador (até o terceiro suplente) devem efetuar a entrega presencial das mídias até 15 de dezembro.

Por sua vez, os candidatos não eleitos e os diretórios dos partidos políticos devem fazer a entrega presencial das mídias no período de 7 de janeiro a 8 de março de 2021.

Os candidatos eleitos serão diplomados até 18 de dezembro, de acordo com o calendário eleitoral, desde que tenham efetuado o envio dos dados da sua respectiva prestação de contas à Justiça Eleitoral (JE).

A JE vai priorizar a análise e o julgamento da prestação de contas dos candidatos eleitos até 12 de fevereiro de 2021, conforme fixado pela Emenda Constitucional nº 107/2020.

Prestação de contas da Eleição Suplementar

Em Mato Grosso, candidatos e partidos que disputaram o pleito suplementar tinham até o dia 25 de novembro para prestar contas. Ao todo, 11 candidatos, juntamente com os suplentes, prestaram contas, assim como 11 partidos. Até esta sexta-feira (11/12), 16 partidos estão pendentes de cumprir a obrigação. Eles já foram notificados pela Justiça Eleitoral para regularizarem a situação.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEstudo diz que pandemia fez crescer casos de doenças psicossomáticas
Próximo artigoDezembro terá conjunção de gigantes, eclipse solar e chuva de meteoros