Eike Batista é preso novamente pela PF no Rio de Janeiro

Condenado a 30 anos por corrupção ativa e lavagem de dinheiro, empresário cumpria pena em casa

Agentes da Polícia Federal cumprem nesta quinta-feira (8) mandado de prisão contra o empresário Eike Batista. A ação é parte da Operação Segredo de Midas, deflagrada como  desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro.

O pedido de prisão foi expedido pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal.

Condenado a 30 anos por corrupção ativa e lavagem de dinheiro, o empresário foi preso em janeiro de 2017. Três meses depois, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que Eike cumprisse a pena em casa.

Na operação de hoje, a Polícia Federal também cumpre mandado de prisão contra outra pessoa ligada a Eike, além de quatro mandados de busca e apreensão.

Segundo a PF, o objetivo é buscar provas sobre manipulação de capitais e lavagem de dinheiro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMoro pede investigação contra youtuber por ameaça a Bolsonaro
Próximo artigoBrasil é ouro no lançamento de peso, tênis de mesa e hipismo