Efeito suspensivo

Carlos Avalone vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral contra decisão que cassou seu mandato

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Com o mandato cassado na manhã desta quinta-feira (10), o deputado estadual Carlos Avalone (PSDB) deve continuar exercendo o cargo por tempo indeterminado. É que, segundo ele mesmo informou em nota à imprensa, vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), requerendo o efeito suspensivo da decisão do TRE-MT.

Carlos Avalone foi cassado sob a acusação de abuso de poder econômico e caixa 2 durante a campanha eleitoral de 2018.

Veja a íntegra da nota:

“A respeito do resultado adverso ocorrido na data de hoje, o deputado Carlos Avallone reitera seu respeito ao Poder Judiciário e fará uso do seu direito de submeter o caso à avaliação do Tribunal Superior Eleitoral, mediante recurso que possui efeito suspensivo.

Enquanto aguarda o julgamento do seu recurso, na crença de que não praticou qualquer irregularidade, o deputado seguirá exercendo normalmente as suas funções parlamentares”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMEC recua mais uma vez e diz que aulas não serão retomadas enquanto durar a pandemia
Próximo artigoÚltimo dia de inscrição