É servidor da Educação? Governo apresenta novo calendário de pagamento

Ao todo 138 escolas ainda não enviaram documentação dos funcionários que retornaram da greve

Christiano Antonucci/Secom

Depois do impasse e possibilidade de retomada da greve pelos profissionais da Educação, o Governo do Estado recebeu a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) nesta quarta-feira (21), no Palácio Paiaguás.

Eles ser reuniram para equalizar as questões referentes ao pagamento do ponto que havia sido cortado durante o período de paralisação dos servidores. Ficou decidido que uma folha suplementar será paga na próxima terça-feira (27), com os valores dos meses de maio, junho e julho.

Inicialmente, o acordo para o encerramento da greve previa o pagamento dos pontos de maio e junho, no dia 20 de agosto, e dos meses de julho e agosto, no dia 10 de setembro.

No entanto, 138 escolas não cumpriram o prazo de envio – que era até o dia 12 de agosto – da documentação dos funcionários que retornaram da paralisação, assumindo o compromisso de reposição das aulas perdidas com a greve, e cerca de cinco mil servidores ficaram de fora do pagamento do dia 20.

(Com assessoria)

Leia também: