É golpe!

Se você receber mensagens de um tal membro do "ministério pública da saúde" oferecendo vacina, fique atento

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Não demorou nada e já era de esperar. A campanha de vacinação contra a covid-19 se transformou em meio para golpistas roubarem dados de pessoas desavisadas.

Segundo o Ministério Público de Mato Grosso, muita gente já recebeu mensagens de alguém que se identifica como Rafael Nunes e afirma ser membro do “ministério público da saúde” (um órgão que nem existe).

Ele se coloca à disposição para agendar vacinação contra a covid-19, mas pede um “número de protocolo” de 6 dígitos enviado via SMS. O dado, na verdade, é um código de segurança do WhatsApp e, por meio dele, o criminoso consegue clonar a conta da vítima.  

Então, se você receber esse tipo de mensagem saiba: a campanha de vacinação ainda está focada nos grupos de risco da covid-19 e tem sido organizada pelas prefeituras. Para saber informações sobre a aplicação da vacina, procure canais oficiais da administração do seu município. E nunca forneça códigos que chegam por SMS para pessoas estranhas.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorInflação desacelera e pode significar retomada da economia
Próximo artigoPêndulo quebrado do MDB