Durante assalto, motorista de app percebe arma falsa e trava luta para se salvar

A "arma" era, na verdade, um pedaço de cano enrolado em fita adesiva preta

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um motorista de aplicativo de 43 anos foi vítima de um assalto na madrugada desta sexta-feira (15) ao pegar uma corrida em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima recebeu a chamada por volta de 1h30 e, logo que os três suspeitos entraram no carro, já anunciaram o assalto.

Eles rodaram com o motorista por cerca de uma hora, enquanto o ameaçavam. Em um determinado momento, pediram que a vítima parasse em um posto de combustíveis para comprar água.

Quando um dos suspeitos voltou para o carro, a vítima percebeu que a arma era falsa e começou uma luta com ele. Com isso, os ladrões fugiram correndo, mas conseguiram levar R$ 100 da vítima.

A Polícia Militar foi acionada pelo próprio motorista e realizou rondas na região em busca dos suspeitos. Dois foram localizados na Avenida João Ponce de Arruda, próximo a um Viveiro. Eles têm 16 e 17 anos.

Ao serem revistados, nada de ilícito foi encontrado, mas eles admitiram terem cometido o roubo na companhia de um terceiro, que não foi encontrado. A vítima reconheceu os dois assaltantes.

A “arma” usada por eles, por fim, foi encontrada ainda dentro do carro da vítima. Era um pedaço de cano enrolado em uma fita adesiva de cor preta.

Eles foram apreendidos, acusados de roubo, sequestro e cárcere privado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFim de semana ensolarado
Próximo artigoAulas de trânsito virtuais