Duo da nova MPB, Anavitória se apresenta na Musiva neste sábado

A dupla queridinha da música brasileira do momento, Anavitória retorna a Cuiabá para show na Musiva, que abre as portas às 19h, neste sábado (08). Em turnê de “O Tempo é Agora”, elas cantam releituras, sucessos autorais entre o público jovem e lançamentos do segundo e mais recente álbum. Os ingressos estão à venda de R$ 50 a R$ 1 mil no site da casa ou nas lojas da Casa de Festas.

Naturais de Araguaína (TO), terra do sertanejo, Ana Clara Caetano Costa e Vitória Fernandes Falcão, ambas de 22 anos, são conhecidas, também, por suas releituras de sucessos da MPB – inclusive contemporâneos – em versões próximas à musicalidade “folk pop”. A dupla Matheus & Kauan, o rapper Projota e a cantora Sandy, Nando Reis e Olodum, então entre as parcerias.

Suas canções autorais são marcadas pela levada leve, acústica e por mensagens otimistas e de amor, revelando hits como “Trevo (Tu)”, “Singular”, “Agora Eu Quero Ir”, trilha sonora de Malhação e “Dengo”, que foi para a novela Pega-Pega. Sem contar as novidades de “O Tempo é Agora”, como “Dói sem tanto” e “Calendário”.

Em 2017, Anavitória leva seu primeiro Grammy pela música Trevo Tu em parceria com Tiago Iorc

As jovens começaram carreira com vídeos acústicos de covers na internet, a partir de 2013, chamando a atenção do empresário Felipe Simas e de Tiago Iorc, que apadrinhou a dupla. Com o músico, elas gravaram o primeiro EP, lançado em 2015, pelo selo Forasteiro, criado especialmente para a ocasião.

Para o álbum completo de estreia, a dupla conseguiu arrecadar mais de R$ 60 mil no ano seguinte, através de campanha de financiamento coletivo e “vaquinha” online. “Anavitória” contou com produção de Tiago Iorc e apoio da gravadora Universal, levando um disco de ouro pelas 40 mil cópias vendidas.

Concomitante ao lançamento do último trabalho, Anavitória estrelou comédia romântica, com pitadas biográficas, sobre jovens em busca do amor nos tempos de redes sociais.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSema quer transformar o Mirante de Chapada em monumento natural
Próximo artigoTemer: Bolsonaro vai acabar adotando política externa universalista