Drive-thru: Cuiabá cria novos pontos de vacinação na UFMT e Sesi Papa

A descentralização vinha sendo cobrada, após episódios de aglomeração no Centro de Eventos do Pantanal

(Foto: Ednilson Aguiar)

A Prefeitura de Cuiabá, enfim, vai descentralizar a aplicação da vacina contra a covid-19. Além do Centro de Eventos – onde já funciona uma estrutura -, a população poderá ser atendida no Sesi Papa e na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

No Sesi Papa, a montagem da estrutura já começou. A Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (FIEMT) se comprometeu em doar o espaço e tendas, computadores e demais itens necessários ao funcionamento.

Lá, as vacinas devem começar a ser ofertadas na próxima semana. A ideia é atender a população da região Norte e Leste da cidade.

Na UFMT, a vacinação deve começar no dia 13. O polo vai contemplar a região do Coxipó e também parte dos moradores da região Leste da Capital.

Em ambos os locais, o sistema de vacinação será o drive thru, quando o paciente não precisa descer do veículo para ser vacinado. Apesar disso, a prefeitura deve manter o sistema de espera após a vacina, para verificar a ocorrência de eventuais reações adversas.

LEIA TAMBÉM

No caso da UFMT, p planejamento é que os carros entrem no campus pela guarita 1 e que o ponto de vacinação seja montado em frente ao Restaurante Universitário. Dali, os veículos deverão sair pela guarita 2.

A data para inauguração – 13 de abril – foi definida porque é quando retorna o prazo para aplicação da segunda dose dos grupos que já receberam a primeira aplicação, em meados de março: idosos acima de 80 anos e trabalhadores da saúde.

Um quarto polo de vacinação também deve ser inaugurado na região Sul de Cuiabá, mas isso vai depender da quantidade de vacinas a serem encaminhadas pelo Ministério da Saúde.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Engraçado falar em Descentralização se não conseguem nem organizar o Único ponto de vacinação que existe no momento.
    Hoje para conseguir tomar a vacina é uma Jornada na Incompetência da Gestão EP.
    Até o tal Pré-cadastro, tudo caminha bem, atrasado e lento, mas caminha.
    Após começa a Jornada de incompetência.
    Divulgam um Tal de “Agendamento de Horário”, e ainda culpam a população por criarem aglomeração no Centro de Eventos por não respeitar esse Tal “Agendamento de Horários”. Mas que agendamento de horário????
    Não existe agendamento de horário, todos são agendados para o mesmo horário segundo os servidores que ficam na entrada do Centro de Eventos.
    Exemplo disso é que meu Pai (71), Meu Tio (74) e minha Sogra (73) forma Agendados em datas diferentes, mas todos no mesmo horário, 08:00 horas.
    Aí vem a batalha diária para conseguir o Tal “Agendamento de Horários”. Um dilema sem fim…três a quatro dias tentando, tentando e tentando e o sistema trava a cada segundo dos 5 minutos que fica aberto o Tal “Agendamento de Horários”.
    Depois a Fila de carros sem fim, claro por falta de informação e também porque todos são marcados para o mesmo horário, aí como não vai ter fila?
    Não existe sinalização e ou qualquer informação sendo passada para quem vai chegando na fila até a portaria do Centro de Eventos, o que resulta em idosos saindo dos carros e indo a pé debaixo do sol para não perder o tal “Horário Agendado”. Aí os idosos passam a formar uma fila na entrada de pedestre do Centro de Eventos debaixo de uma Tenda que mal cabe 10% deles. Um Absurdo.
    Minha maior indignação é ver um monte de Autoridades falando, falando e falando e muito pouco fazendo na prática.
    No Papel é Lindo…. Mas queremos na Prática!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMP quer mais isolamento
Próximo artigoPrivatizações: Governo realiza leilão do setor aeroportuário