Dono de algodoeira é preso por fazer “gato” e furtar R$ 430 mil em energia elétrica

Ele teria furtado 720 MWh, o suficiente para abastecer uma cidade de 5 mil habitantes por dois meses

Foto: Divulgação

O proprietário da algodoeira Star Cotton Algodoeira e Armazens Gerais Ltda, de Primavera do Leste (240 km de Cuiabá) foi preso nessa terça-feira (2) acusado de fazer “gato” na rede de energia elétrica e furtar o equivalente a 720 MWh de energia. O montante seria suficiente para abastecer toda uma cidade de 5 mil habitantes por dois meses, segundo a concessionária de energia elétrica, Energisa.

De acordo com o gerente de Combate a Perdas da Energisa, Sidney Tavares, a algodoeira já estava sendo monitorada pela equipe da concessionária, que identificou que a unidade consumidora estava desligada desde novembro de 2017. No entanto, segundo observou, a empresa continuou consumindo energia normalmente, sem que o consumo fosse registrado ou faturado pela Energisa.

[featured_paragraph]Em operação conjunta com a Polícia Civil e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), então, a Energisa autuou a empresa. Pelos cálculos, o valor de energia roubado geraria custo de cerca de R$ 430 mil aos cofres da empresa, dos quais R$ 117 mil seriam remetidos para arrecadação de ICMS do Governo.[/featured_paragraph]

Além da responder criminalmente, o responsável terá que pagar todo o consumo desviado desde a data em que fez a ligação direta.

O delegado Regional de Primavera do Leste, Rafael Fossari, lembrou que o furto de energia é crime e que, dependendo do caso, ainda pode ser considerado “qualificado”, que é inafiançável.

“É importante que as pessoas tenham clareza de que esse tipo de furto não ficará impune. A Polícia Civil, em parceria com a Energisa e Politec têm feito um trabalho rigoroso para combater estes crimes”, disse.

Leia também:

Cinco mil metros de cabeamento são furtados e trecho da Av. Miguel Sutil fica sem iluminação

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDatafolha: Bolsonaro sobe e chega a 32% e Haddad tem 21%
Próximo artigoPor maioria, TRE indefere registro de candidatura de Gilmar Fabris à reeleição