Dois casais são presos por envolvimento em morte de servidor aposentado da Sefaz

O crime aconteceu no último domingo (20), mas o corpo do idoso só foi encontrado nesta quinta-feira (25)

Foto: Assessoria Polícia Civil de Mato Grosso

Dois homens e duas mulheres envolvidos no latrocínio que vitimou o servidor aposentado da Secretaria de Fazenda (Sefaz) Nicomedes Francisco Pinto Lopes, de 69 anos, foram presos pela Polícia Civil na madrugada desta quinta-feira (25) em ação conjunta da Delegacia de Chapada dos Guimarães (70 km ao norte de Cuiabá) e da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

O corpo do idoso foi localizado na manhã desta quinta-feira (25) nas proximidades do Distrito da Guia, em uma estrada que dá acesso a uma empresa da região.

O crime aconteceu na noite de domingo (21), no bairro Pôr do Sol, em Chapada dos Guimarães. Assim que foi acionada na manhã da segunda-feira (22), os policiais do município iniciaram as diligências para apurar os fatos que inicialmente era tratado como extorsão e desaparecimento.

De acordo com as informações iniciais, o filho da vítima recebeu uma mensagem de SMS informando sobre uma transferência da conta de seu pai, através da transação PIX, no valor de R$ 4,9 mil, para a conta bancária de uma mulher.

Estranhando a transação, o filho enviou uma mensagem para o pai pelo aplicativo whatsapp perguntando sobre outro assunto, para não ser direto, porém a mensagem foi visualizada e não foi respondida. Ele então tentou contato telefônico com o pai, o que também não conseguiu.

Ao longo da segunda-feira (22), foi identificado que os criminosos fizeram outras compras com os cartões da vítima, sendo com valores altos no cartão de débito e outras no cartão de crédito.

Desconfiado, o filho foi até a casa do pai e ao chegar viu que a residência estava trancada, o cachorro amarrado, o que não era de costume, assim como o veículo Jeep Renegade da vítima não estava no local. Na casa também foi encontrada uma escada, e no muro percebidas marcas de pegadas de botas.

Durante a investigação para apurar os fatos, a equipe de Chapada dos Guimarães solicitou apoio da GCCO, por se tratar de um possível sequestro, a qual iniciou os trabalhos de suporte técnicos e operacionais.

Nicomedes chegou a ser dado como desaparecido (Foto: Polícia Civil)

O carro da vítima, Jeep Renegade, foi encontrado pela Polícia Militar abandonado no bairro Jardim Vitória, em Cuiabá. Realizada a perícia no veículo, foi possível identificar o primeiro casal, na noite de quarta-feira (24), no bairro jardim União, em Cuiabá, que estava com parte dos produtos (um Iphone 8 e uma TV 50″) roubados da casa da vítima.

Os suspeitos (o homem de 31 e portador de tornozeleira eletrônica e a mulher de 28 anos) foram presos em flagrante pelos crimes de associação criminosa e receptação. A Polícia Civil não descarta a participação de ambos no roubo, fato que será apurado.

Dando continuidade as diligências, foi identificado o segundo casal, que recebeu as transferências feitas da conta da vítima. Os suspeitos foram localizados e confessaram ter recebido o valor de R$ 4,9 mil, a mando de um grupo criminoso.

O casal contou que recebe com frequência esses valores ilícitos e ficam com 25% das quantias transferidas. Depois de interrogados, o jovem de 19 anos e a moça de 18 foram autuados em flagrante por receptação e associação criminosa.

As investigações continuam de forma conjunta pela Delegacia de Chapada dos Guimarães e GCCO para identificar e prender os autores do latrocínio.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPfizer e BioNTech iniciam teste de vacina contra covid-19 em crianças
Próximo artigo“Vida e emprego foram as preocupações do nosso governo no combate à pandemia”, diz Bolsonaro