Dois brasileiros disputam título da Fifa de melhor goleiro do mundo

Alisson Becker, do clube inglês Liverpool, e Ederson, do também inglês Manchester City, estão na disputa

Os goleiros brasileiros Alisson Becker, do clube inglês Liverpool, e Ederson, do também inglês Manchester City, estão na disputa pelo título de melhor goleiro do mundo deste ano, no prêmio da Federação Internacional de Futebol (Fifa). Além deles, está na disputa o alemão Marc-André ter Stegen, que atua no time espanhol Barcelona.

Eles não são os únicos brasileiros a disputar o prêmio da Fifa. Uma brasileira, Silvia Grecco, concorre ao prêmio de torcedores, por descrever os jogos do Palmeiras para seu filho, que é cego. Ela disputa com o uruguaio Justo Sánchez, que não perde um jogo do time rival em memória ao seu filho falecido e os torcedores holandeses, por sua atuação na Copa do Mundo feminina da França.

Entre os jogadores de linha, no entanto, nenhum brasileiro. O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi disputam o título com o holandês Virgil van Dijk. Entre as mulheres, as finalistas são a inglesa Lucy Bronze e as norte-americanas Alex Morgan e Megan Rapinoe. As goleiras que disputam o título são a chilena Christiane Endler, a sueca Hedvig Lindahl e a holandesa Sari van Veenendaal.

 

Há ainda prêmios para melhores técnicos homens (o espanhol Pep Guardiola, o alemão Jürgen Klopp e o argentino Mauricio Pochettino) e mulheres (a norte-americana Jill Ellis, a inglesa Phil Neville e a holandesa Sarina Wiegman).

O prêmio Puskás, que premia o gol mais bonito do ano, tem como finalistas Messi, o colombiano Juan Fernando Quintero e o húngaro Dániel Zsóri. Os vencedores serão anunciados em uma cerimônia no Teatro alla Scala, em Milão (Itália), no próximo dia 23.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMorre João Bulhões
Próximo artigoEmissões de liberação de desmatamento estão suspensas até 30 de novembro em MT