Documentário sobre lendária banda cuiabana será lançado neste sábado

"Entre Mortos e Feridos, Salvaram-se Quase Todos” retrata a trajetória da G.T.W., banda cuiabana que despontou na década de 1980

O documentário “G.T.W – Entre mortos e feridos, salvaram-se quase todos terá sua première neste sábado (03) durante o primeiro dia do CineCaos, evento totalmente voltado ao audiovisual underground.

A programação começa às 17h e o ingresso antecipado é R$ 15,00 mais um kit de higiene e R$ 20,00 mais um kit de higiene, na portaria.

Produzido pelo ex-baixista da banda, Joe Fagundes, o filme retrata a trajetória da G.T.W., uma das pioneiras e mais ativas bandas do Movimento Underground Cuiabano.

O documentário traz à tona a história da banda através de entrevistas com músicos e entusiastas da cultura underground que vivenciaram o período entre os anos 1980 e 1990. Muitos realçam a importância da G.T.W. tanto na efervescência roqueira quanto no próprio cenário cultural de Cuiabá.

Músicos, produtores culturais, professores e outros profissionais relembram o quão impactados foram pelas performances da G.T.W – principalmente pela presença de palco da vocalista Rosi Pando. As falas são intercaladas com trechos de um show comemorativo em alusão aos 30 anos da banda – realizado em 2018, no Cavernas Bar.

Joe conta que o material foi concebido de maneira colaborativa, da idealização à finalização, “dentro do verdadeiro espírito underground”.

“Tive a grande sorte de reunir uma equipe de profissionais do mercado. Mesmo sem nenhum financiamento, eles compraram a ideia. Agradeço a Yuri Kopcak, Protásio de Morais, Jomar Brittes, Eduardo Ferreira e Iuri Gomes, entre tantos outros parceiros”.

O lançamento de “G.T.W – Entre mortos e feridos, salvaram-se quase todos” contará com apresentação de bandas que fizeram parte do Movimento Underground Cuiabano: Caximir, Skarros, Nidhog, Blokeio Mental e, claro, G.T.W.

A propósito, a G.T.W. se apresentará com alguns dos integrantes originais: Rosi Pando, Sérgio H (vocalista), Capilé Charbel (guitarrista), Arenilzo “Podre” Costa (baterista), Aldivan “Jacaré” Assad (baixista) e o próprio Joe Fagundes.

Em um período pré-internet, são escassos os registros sonoros e visuais da G.T.W., mas é possível encontrar alguns vídeos de apresentações da banda no YouTube. Mas para quem não pode curtir essa época, tem um bom motivo para ir até a Casa Cuiabana neste sábado.

A Casa Cuiabana fica na Avenida General Valle, 181, bairro Bandeirantes, ao lado do antigo Pronto Socorro.

(com assessoria/JF Produções)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS