Do luto à luta

É preciso coragem para encarar a realidade como de fato ela é, e dar um passo adiante, rumo a um futuro melhor

Em uma madrugada, como outra qualquer, alguns adolescentes dormiam nos seus leitos, tranquilamente, quando algo estranho aconteceu e de maneira abrupta. O fogo adentrou ao dormitório, atingindo os que estavam no local.

O fato é real e aconteceu no “Ninho do Urubu”, sede do Flamengo, no início de 2019. O ocorrido deixou muita dor para os familiares, para o clube, e para o país como um todo.

O desastre ceifou a vida de 10 adolescentes que tinham o sonho de ser jogadores de futebol. Sonhos frustrados. Marcas e sequelas que jamais se apagarão. Foi o maior infortúnio do clube nos seus 124 anos de existência.

Você, também, já passou por momentos de perdas e desastres? Eu creio que sim, infelizmente. Na minha vida não foi diferente. O Sofrimento, às vezes, dá a impressão de que nunca vai passar.

Temos a opção de continuar no luto, ou sair para batalhar e lutar, buscando uma vida melhor. Não podemos nos render aos lutos da vida. O luto deve ser temporário e não permanente. Permanecer no luto, é o mesmo que destruir as chances e possibilidades de um futuro melhor.

Do luto à luta, foi o slogan criado pela equipe de psicólogos do Flamengo, visando desviar o foco do problema e mudar a perspectiva do fatídico, buscando novos cenários e novos desafios.

O Flamengo sofreu as consequências deste evento desastroso, todavia, se organizou e se empenhou a lutar, constantemente, em todas as batalhas do clube, principalmente no futebol.

O resultado, ao final de 2019, foi que o clube já deixou um legado avassalador, vencendo várias partidas e títulos brasileiros do sub-17, sub-20 e profissional. Ganhou os títulos do Carioca e da Libertadores do time profissional, além de ultrapassar vários recordes no futebol brasileiro. A categoria de base do time também venceu muitos títulos.

Isso serve de lição para mim e para você, pois a dor e o luto podem ocorrer, contudo, jamais deveremos nos curvar a esses momentos. Precisamos recomeçar, lutar e avançar, a fim de obtermos o máximo de sucesso em todas as áreas da vida, como aconteceu com o time mais popular do Brasil.

Temos que crer na promessa descrita em Salmos 30:5 “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã”. Eu me agarro nessa promessa em todos os momentos da minha vida, pois sei que logo o sol voltará a brilhar para todos. Temos que pensar que tudo passa, e a oportunidade do presente deve ser vivida com alegria e da melhor forma possível.

Do luto à luta. A noite escura e tenebrosa, certamente acabará, assim que a luta entrar em campo. Em nossas vidas, semelhantemente ao que aconteceu com o Flamengo, que apesar do desastre, não desanimou dos seus sonhos e por isso teve muitas conquistas e vitórias. Portando, jamais desista dos seus sonhos!

Francisney Liberato Batista Siqueira é Secretário de Controle Externo, Auditor Público Externo do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, Palestrante Nacional, Professor, Coach, Mentor, Advogado e Contador. Autor dos Livros “Mude sua vida em 50 dias” e “Como falar em público com eficiência”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBox “Conexão Tereza Albues” é primeiro passo para publicação de toda obra da autora
Próximo artigoDamásio Educacional – Unidade Cuiabá oferece MBA IBMEC em diversas áreas

O LIVRE ADS