Do calor dos trópicos ao frio europeu

Crise enérgica também chega a Europa e líderes tentam conter manipulação de mercado

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

Quem pensou que reclamar da conta de luz era uma especificidade de país “em desenvolvimento” se enganou. As questões políticas e relacionadas ao clima envolvendo o setor de energia estão tirando o sono dos líderes europeus, que precisam dar uma solução à população sobre o aumento dos preços.

Naquele lado do mundo, os países também se preparam para enfrentar o encarecimento do serviço em um momento em que ele se faz essencial, o inverno. Enquanto aqui o calor e a estiagem fazem as pessoas consumirem mais, lá a rigidez das baixas temperaturas tem o mesmo resultado.

Desde a semana passada, é possível acompanhar pelos noticiários as várias reuniões que estão sendo realizadas entre os países para se discutir a redução do vento, que atingiu a produção de energia eólica, e pode ser reflexo do mau uso dos recursos naturais. Outro ponto que ganhou destaque no debate foi a redução do abastecimento de gás natural, cujo principal fornecedor é a Rússia.

Além de discutir sobre as causas que levaram a este cenário, os líderes europeus querem proteger ao máximo o bolso do consumidor de uma possível manipulação de mercado.

Vamos acompanhar as cenas dos próximos capítulos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOperação desarticula esquema de comércio de peças furtadas de caminhões em MT
Próximo artigoMenina de Ouro