Divórcio e “pobreza”

Taques diz que está mais pobre por causa do divórcio e dá uma provocada em Mauro Mendes

Taques e a ex-esposa Samira Martins (Foto: GCom-MT)

O governador Pedro Taques (PSDB) atribuiu ao seu divórcio com a advogada Samira Martins o fato de estar R$ 640 mil “mais pobre” se comparado há quatro anos, quando disputou a primeira eleição para o governo.

Em 2014, Taques declarou ao TRE possuir R$ 1 milhão em bens; neste ano, apenas R$ 361 mil – o que faz dele um dos candidatos menos endinheirado da corrida ao governo.

“Fiquei mais pobre porque o patrimônio que construí foi feito com minha esposa, um pessoa decente e trabalhadora”, disse.

Em entrevistas recentes, o governador tem questionado o fato de um de seus adversários nessas eleições, o ex-aliado Mauro Mendes (DEM), ter declarado um patrimônio de R$ 113,4 milhões, mesmo com seu grupo empresarial saindo de um processo de recuperação judicial.

“É engraçado que tem pessoas por aí, que estão quebradas como pessoa jurídica, mas na pessoa física são milionárias”, provocou, deixando claro que essa campanha eleitoral não vai ficar apenas na discussão de propostas.

Compare aqui os patrimônios dos candidatos so Governo de Mato Grosso.